Comunicados
Fique ciente de todas as mudanças no PROJUDI
 
02/10/2015
A Coordenação dos Juizados informa aos usuários do Sistema PROJUDI as seguintes melhorias no Sistema:

- Implementação: Modificação do fluxo processual nas Turmas Recursais após a autuação do recurso. Descrição: Após a autuação do recurso, o mesmo seguirá para caixa "Verificar Providências Iniciais", local apropriado para prolação de atos ordinatórios, atribuição de localizadores e realização de conclusão para despacho inicial, individualmente ou em lote;

- Implementação: Juntada de arquivos de vídeo. Descrição: O Sistema PROJUDI possui, agora. além do suporte para juntada de arquivos ".mp3" (áudio), suporte para juntada de arquivos de video, em formato ".mp4", no momento, em tamanho até 05 Mb (aguardando liberação para ampliação para 10 Mb);

- Implementação: Download integral do processo eletrônico do PROJUDI. Descrição: Algumas das utilidades do download do processo eletrônico do PROJUDI: Permitirá ao magistrados, servidores, estagiários e procuradores a leitura dos documentos do processo de forma consolidada e offline, a partir do armazenamento do processo em mídia digital; download integral do processo, o qual possui: capa, contendo todos os dados necessários ao cadastramento do processo em outro sistema de informática; índice dinâmico, que leva o leitor do processo, automaticamente, à página onde se encontra o arquivo descrito; código de validação de documentos, a partir da página inicial do PROJUDI, que permitirá a validação de todos os arquivos do PROJUDI, tornando desnecessária a assinatura física dos documentos (antes, somente o alvará eletrônico possuía tal validação); certidão automática de arquivos de áudio (.mp3) e vídeo (.mp4), que possibilitará aos órgãos externos (STF, Juízos Deprecantes ou outros órgãos julgadores) o acesso aos arquivos de áudio e vídeo lançados no PROJUDI, a partir do seu código de validação, tornando simples a remessa, via arquivo em formato ".pdf'" (será possível, por exemplo, encaminhar a oitiva de testemunhas, em áudio, para um Juízo Deprecante); devolução de cartas precatórias e remessa dos autos a outros Juízos em razão de declínio de competência.

- Implementação: Acesso de Terceiros. Descrição: A partir de agora, todos os advogados não habilitados em processos eletrônicos do PROJUDI terão que, necessariamente, para consultá-lo, concordar com o registro de acesso, visível no link "Acesso de Terceiros", para fins de eventual responsabilização administrativa, cível ou criminal, nos termos do Art. 3° da Resolução 121/2010 do CNJ;