Comunicados
Fique ciente de todas as mudanças no PROJUDI
 
23/11/2015
Reitera os termos da Ordem de Serviço nº 02/2014/COJE, que estabeleceu o Supervisor de Expediente dos Juizados Especiais do Estado da Bahia ou o seu substituto como o responsável direto, com a anuência expressa do Juiz de Direito da unidade judiciária, por proceder ao cadastro, habilitação e desabilitação dos servidores da referida unidade no Sistema PROJUDI.

Ressalta que é de extrema importância o controle absoluto, por parte da Supervisão da unidade, dos servidores que se encontram habilitados no Sistema PROJUDI, bem como os “perfis” a eles associados.


Por fim, informa que tais atividades não se aplicam aos Juízes de Direito, cuja habilitação e desabilitação no Sistema PROJUDI continuará a ser executada pela Coordenação dos Juizados.